Galeria de Vídeos

FECHAR

Galeria de Imagens

FECHAR

Vantagens Max-Fixer

Duvidas Frequentes

01 – O que é argamassa MAX-FIXER?

R: É uma argamassa polimérica desenvolvida com alta tecnologia para assentamento de tijolos e blocos em alvenarias de vedação.


02 – Que tipo de obra pode ser usado, a argamassa MAX-FIXER?

R: O produto tem certificação para ser usada somente em alvenarias de vedação.


03 - Posso usar qualquer tipo de tijolo ou bloco.

R: Essa é a única desvantagem com relação à argamassa convencional, por ter uma junta mais fina deve se trabalhar com um bloco regular dentro das normas brasileiras se possível, caso contrário haverá dificuldades de alinhamento dos blocos e o desempenho do profissional ficará comprometido. Consulte nosso departamento técnico, que temos algumas dicas para compensar essa dificuldade.


04 – Qual a durabilidade do produto após sua aplicação?

R: A durabilidade da argamassa MAX-FIXER é muito superior a argamassa convencional, pois usamos produtos com a mesma tecnologia usada na Europa e América do Norte, além de passar por testes rigorosos de envelhecimento acelerado e por longo período de tempo. Testes realizados a cada 6 meses em nossos laboratórios.


05 – Em quais normas da ABNT se enquadra a argamassa MAX-FIXER?

R: Se enquadra nas normas da NBR 15.575-4/10 - NBR 13.281 e NBR 16.590 1 e 2.


06 – Qual o tempo de secagem da argamassa?

25% = 12 hs
50% = 24 hs
75% = 48 hs
100% = 72 hs
Em climas quentes e com baixa umidade a secagem total pode atingir 48hs. Em climas com umidade alta e baixas temperaturas a cura se iniciara após a secagem dos tijolos ou blocos, mas não afetará a colagem e nem a qualidade do produto.


07 – Quais as vantagens que terei usando a argamassa MAX-FIXER?

R: Economia, velocidade, custo menor, sem sujeira, sem desperdício, alta resistência, economia de água e energia elétrica entre outros. (veja em vantagens).


08 – Porque a argamassa MAX-FIXER é ecologicamente correta?

R: Por não conter em sua formulação cimento, cal ou areia. Segundo o SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DO CIMENTO, 06% de todo CO2 emitido na atmosfera em todo o mundo são provenientes da fabricação de cimento. E a degradação de rios são provenientes da retirada indiscriminada de areia, em alguns rios esta prática está totalmente proibida em alguns trechos do rio Paraná.


09 – Por que não fazer obra no sistema estrutural, com a argamassa MAX-FIXER?

A massa ECOFIXER não é recomendada para obras de alvenaria estrutural (onde a parede é a única estrutura existente). Isto ocorre pelo seguinte: É que a Massa MAX-FIXER ainda não foi ensaiada e certificada para este tipo de sistema construtivo, e porque as normas de engenharia requer uma argamassa que tenha no mínimo 1cm de espessura em cada junta.


10 – Após aplicada à argamassa, posso remove-la para fazer algum acerto?

R: Sim, pode retirar os blocos e devera reaplicar a argamassa MAX-FIXER novamente se necessário.


11 - Quais as vantagens do produto em relação à argamassa convencional?

As principais vantagens são economia, velocidade e segurança. A argamassa MAX-FIXER apresenta:
– Excelente resistência estrutural.
– Velocidade de assentamento até 3 vezes mais rápida.
– Menor custo por m² de parede.
– Ancoragem da alvenaria em pilares sem uso de tela e grampos, na maioria dos casos.
– Não gera desperdício.
– Não gera sujeira.
– É ecológica.
– Resulta em menor peso estrutural.


12 – Como se explica apenas dois filetes de aplicação acomodar as tenções de uma obra?

Por se tratar de um produto mais flexível do que a argamassa convencional, a argamassa MAX-FIXER tem o poder de acomodar tensões, mesmo com apenas dois filetes. Isso fica evidenciado nos ensaios de resistência à compressão com diferentes tipos de blocos, em que prismas da argamassa MAX-FIXER alcançaram resistência similar ou superior à resistência de prismas de argamassa convencional. Muita pesquisa e investimentos foram empregados para desenvolver um produto que resulte em uma alvenaria com módulo de elasticidade similar ao módulo de elasticidade de uma alvenaria tradicional. Assim, as duas alvenarias se comportam de forma similar na acomodação e dissipação de tensões e são compatíveis com os demais componentes de uma construção. A argamassa MAX-FIXER dispõe de diversos laudos de ensaios.


13 - Como uma junta tão fina acomoda deformações e dilatações?

As deformações verticais que não podem ser acomodadas pelas juntas de argamassa MAX-FIXER são acomodadas pelo encunhamento, que deve sempre ser feito com argamassa EXPANSIVA MAX-FIXER, conforme boas práticas da construção civil. Deformações horizontais serão acomodadas pelo pequeno espaço entre blocos, que após o assentamento, será preenchido com a argamassa de emboço/reboco.


14 – Por que não posso usar argamassa convencional de cimento, da mesma forma que a argamassa MAX-FIXER?

Como a argamassa convencional é muito rígida, Se esta fosse utilizada da mesma forma da argamassa MAX-FIXER teríamos uma alvenaria muito rígida e incapaz de acomodar tensões e deformações. A técnologia da argamassa MAX-FIXER foi elaborada com maior poder de acomodação de tensões, que a permite ser utilizada em menor quantidade resultando em uma parede com certa capacidade de acomodar as diversas tensões às quais ela será submetida ao longo dos anos.


15 – Minha alvenaria não ficara mais fraca sem “encabeçar” os blocos? (deixar a junta vertical ‘seca’)

Após vários ensaios com juntas verticais secas para alvenarias de vedação os resultados demonstram que a argamassa MAX-FIXER tem um ótimo desempenho mecânico, inclusive supera o desempenho de alvenarias convencionais com juntas verticais preenchidas, Algumas das áreas afetadas pelo uso de juntas verticais secas são:

Estanqueidade: A alvenaria de juntas verticais secas construída com Massa MAX-FIXER tem um desempenho de estanqueidade (resistência a infiltração de umidade) superior ao de uma alvenaria convencional com juntas preenchidas. Pois as juntas verticais não se comunicam com os rebocos interno e externo, criando um caminho que permite a passagem da umidade externa para o lado interno. Essa ligação pode resultar em uma patologia chamada de progressão capilar. A ausência de juntas verticais no sistema construtivo da argamassa MAX-FIXER deixa um pequeno espaço vazio entre o reboco externo e o interno, agindo como um isolante impedindo a propagação por capilaridade da umidade externa para o interior.

Resistência a esforços transversais à alvenaria: Por ter uma colagem superior à de uma argamassa convencional, a argamassa MAX-FIXER deixa a alvenaria com maior resistência a esforços transversais do que é a argamassa convencional e juntas verticais preenchidas. Paredes de argamassa MAX-FIXER com juntas secas foram ensaiadas conforme a normalização NBR 15.575, entre outras, se tratando a este tipo de resistência e superam tanto as exigências normativas, como também paredes construídas com argamassa convencional.

Acomodação de deformações e dilatações estruturais: Com o uso da argamassa convencional nas juntas verticais, deformações e esforços horizontais no mesmo plano da alvenaria são acomodados por microfissuras na argamassa. No assentamento com argamassa MAX-FIXER com as juntas verticais secas, deixa-se um espaço (de 3 a 5 mm) entre os blocos ou tijolos. Este espaço depois é preenchido pelos rebocos da alvenaria e é suficiente para acomodar estas tensões e deformações horizontais sem causar danos a alvenaria.

Isolamento acústico: A passagem de sons por qualquer elemento depende da argamassa usada. Desta forma, qualquer sistema construtivo que possa reduzir o peso da alvenaria resultará em um menor isolamento acústico. Com isso o impacto no isolamento acústico é irrelevante, esta é uma pequena desvantagem do uso de juntas secas com a argamassa MAX-FIXER. A pequena redução no isolamento acústico é praticamente imperceptível uma vez que portas, janelas e outras aberturas, são os principais responsáveis pela passagem de sons nas construções.

Referências

EMPRESA: CONSTRUTORA AGGO
ESTADO: RIO DE JANEIRO (RIO DE JANEIR0)

EMPRESA: CONSTRUTORA COMBASE
ESTADO: MATO GROSSO DO SUL (DOURADOS)

EMPRESA: CONSTRUTORA KIMBIRU
ESTADO: MATO GROSSO DO SUL (DOURADOS)

EMPRESA: CONSTRUTORA SÃO CAMILO
ESTADO: MATO GROSSO DO SUL (DOURADOS)

EMPRESA: SOLAR ENGENHARIA
ESTADO: MATO GROSSO DO SUL (DOURADOS)

EMPRESA: JDF CONSTRUTORA
ESTADO: MATO GROSSO DO SUL (DOURADOS)

EMPRESA: CONSTRUTORA TRANSAMÉRICA
ESTADO: MATOGROSSO DO SUL (CAMPO GRANDE)

EMPRESA: CONSTRUTORA FONTANELA
ESTADO: SANTA CATARINA (CRICIUMA)

EMPRESA: CONSTRUTORA VECTRA
ESTADO: PARANÁ (LONDRINA)

EMPRESA: CONSTRUTORA CIQUINATTO
ESTADO: PARANÁ (CAMBÉ)

EMPRESA: CONSTRUTORA W&V
ESTADO: SANTA CATARINA (CRICIUMA)

Argamassa Polimérica

Argamassa Polimérica MAX-FIXER

A argamassa MAX-FIXER é indicada para assentamento de tijolos cerâmicos e blocos de concreto em alvenaria de vedação. Sua composição garante uma excelente aderência, flexibilidade e alta resistência em ambientes internos e externos. O período de cura varia entre 48 e 72 horas conforme temperatura e umidade do ar.

Norma: Atende os requisitos de trabalhabilidade, aderência, resitência e capacidade de absorver deformações exigíveis na ABNT NBR 13.281; Se enquadra nas exigências da ABNT NBR 15575-4/13 e ABNT NBR 16950-1 e 2(Argamassa Polimérica).

Vantagens Dúvidas Referências